Muito tem sido falado sobre um possível retorno de Aqib Talib para os Patriots, também tem sido comentado sobre uma interesse Patriots em Richard Sherman, hipótese que chegou a ser ventilada já na temporada passada. Mas qual deles seria a melhor solução para substituir Malcolm Butler? Listamos aqui os prós e contras de cada um dos dois jogadores.

De todas as das vitórias em Super Bowl dos Patriots, uma cena é a mais lembrada pelos torcedores.

A intercepção na goal-line no milagre de Malcolm Butler que selou a derrota dos Seahawks no Super Bowl XLIX. Após a jogada o quarterback Tom Brady se ajoelhou com a bola de football em seu braço direito, e com o queixo apoiado na mão esquerda.

Então um rival improvável chegou até ele e lhe estendeu a mão. O cornerback dos Seahawks, Richard Sherman, famoso pela foto onde falou para Brady “U mad Bro?” após uma vitória dos Seahawks em 2012. Agora, ele estava oferecendo seus sinceros parabéns depois da vitória de New England por 28 a 24 que deu a Brady seu primeiro título em uma década e seu quarto no geral.

O que mais pesa contra Sherman é a saúde. Sherman rompeu seu tendão de Aquiles do pé direito na semana 10 e recentemente sofreu uma pequena cirurgia no Aquiles esquerdo também.

Assinar com um cornerback com um calcanhar ruim não é nada bom, e com os dois é pior ainda. Mas Sherman não é um cornerback comum. Aos 29 anos, ele é dois anos mais novo que o Talib. Ele é foi quatro vezes Pro Bowler e foi três vezes eleito para o primeiro time o All-Pro. Talib, em comparação, foi eleito para cinco Pro Bowls e uma vez para o All-Pro.

Sherman tem um estilo de jogo parecido ao de Deion Sanders, e quando está jogando o seu melhor, as equipes simplesmente ignoram seu lado do campo. Sherman é acima da média também auxiliando contra o jogo terrestre e em corner blitz.

Nenhum cornerback na liga foi melhor do que Sherman desde 2011. De acordo com o NFL Research Twitter, ninguém tem mais interceptações (32) ou passes defendidos (99), e nenhum jogador quando foi alvo mais de 300 vezes  permitiu uma menor porcentagem de conclusão (47,4) ou quarterback rating lançando a bola em sua direção (50,9) do que Sherman.

Ele também foi mais saudável do que o Talib no geral, embora suas cirurgias mais recentes agora levantem algumas questões quanto a sua saúde. Sherman não perdeu um jogo até ter a lesão em seu Aquiles em novembro, uma série de 105 jogos. Talib, no entanto, jogou 16 jogos em uma temporada e perdeu 25 jogos ao longo de sua carreira.

Sherman gosta de falar bastante, e esse seu jeito meio explosivo e as vezes sem noção poderia causar algumas situações estranhas para o torcedor que não está acostumado com isso, mas se tem alguém que sabe dosar isso é Bill Belichick.

Sherman disse que espera estar pronto para o training camp mas isso não é garantido.

Talib certamente não é um anjo, mas o fato de ter passado uma temporada e meia em New England sob o comando de Belichick, sem ter tido problemas, certamente é algo que ajuda e dá uma vantagem sobre Sherman, aliviando algumas preocupações quanto ao comportamento dos atletas, Sherman teve alguns problemas com seu treinador em Seattle.

Talib já esteve no vestiário Patriots, então ele sabe como é ser um jogador de Belichick e conhece o sistema. Mas, o mais importante, a saúde não é uma preocupação. Talib estaria pronto para jogar no primeiro dia, sem hesitações.

Também vale a pena observar, dada a idade de Talib que tem 32 anos, ele provavelmente pediria um contrato menor do que Sherman que vai fazer 30 anos em breve.

Trazer Talib talvez faça mais sentido para o que os Patriots precisam de um cornerback no momento. Eles já têm alguns jogadores no roster que ainda estão em fase de desenvolvimento – Cyrus Jones, Jonathan Jones e Ryan Lewis – então, em um ano ou dois, esses jogadores estarão prontos para jogar e desempenhar papéis durante a partida toda. Basicamente, os Patriots precisam de um jogador para fazer uma transição até esse momento chegar.

Após os Patriots terem dado um contrato longo e com uma boa quantia a Gilmore fazendo dele o cornerback principal da franquia por alguns anos, os Patriots não precisam de um cornerback com um contrato longo, talvez isso pese contra Sherman e de a Talib mais uma vantagem.

Do ponto de vista de dentro do campo, Talib já provou que pode marcar qualquer wide receiver da liga, e ele e Gilmore formariam a melhor dupla de corners da NFL e dificultariam muito a vida dos ataques adversários. Quanto a altura, Sherman é um dos cornerbacks mais altos da liga, mas Belichick tem Rowe que é alto e designado para marcar os receivers mais altos do adversário, então talvez Talib se encaixe melhor na necessidade dos Patriots no plano de jogo.

Sherman 100% saudável é mais jogador, mas Belichick pensa em um todo, em como cada peça vai se encaixar no final e isso pode dar uma pequena vantagem a Talib.

Não há dúvida de que os Patriots precisarão substituir Butler nesta temporada, e não faz sentido, através do draft, dada a incerteza de rookies entrando e jogando imediatamente. O mercado de free agents também não é ótimo, então o que isso significa?

Há grandes chances de um dois dois vestir a camisa dos Patriots na próxima temporada.

Tags :

the author

André Morais, professor de tênis, formado em educação física bacharelado, admin da página Nação Patriots Brasil no Facebook, Youtube e Instagram, aficionado pela NFL desde que ganhou seu primeiro Madden em 2000, torcedor dos Patriots desde 2001 quando viu um certo QB hoje chamado de G.O.A.T arrasar defesas adversárias, 30 anos. Pato Branco - PR

Comentários

Top