Home >> Home,Nação Patriots Brasil,Offseason,Patriots Brasil >> Jogar nos Patriots não é divertido?

Para o defensive end ex-Patriots, Cassius Marsh que atualmente joga pelos 49ers, “não há diversão nos Patriots”. O jogador revelou em entrevista a um repórter de San Francisco que não gostou do tempo em que esteve em Foxborough e pela primeira vez em sua vida cogitou a possibilidade de abandonar sua carreira profissional de jogador pois estava odiando estar nos Patriots. Marsh disse que confrontou Bill Belichick, sem pedir para ser cortado, e foi cortado.

Imagem relacionada

A declaração gerou bastante polêmica e repercutiu em New England. Alguns jogadores dos Patriots comentaram sobre a declaração de Marsh.

Hightower que voltou de lesão nessa temporada comentou que jogar nos Patriots não é para todo mundo, sendo definitivamente mais difícil que na maioria dos lugares. Porém no vestiário, não é o trabalho de Bill tornar essa atmosfera divertida.O linebacker e capitão do time disse ainda que: “Eu amo como um irmão, todos os caras desse vestiário. Nós nos divertimos, quer estejamos lutando juntos, com sangue, suor e lágrimas; ou estamos de volta ao vestiário ou estamos fora do football. Então há um tempo e um lugar para tudo, mas sabemos que sempre que passamos pelo prédio, é hora de trabalhar”.

Devin McCourty foi outro atleta a comentar sobre a declaração polêmica. O safety comentou que está sempre se divertindo em New England. E não esperava que Cassius ao ser cortado após uma passagem frustrante na equipe sairia dizendo que teve os melhores momentos de sua vida ali.

McCourty ainda disse: “Eu acho que se você perguntar a qualquer um dos caras desse time, a diversão que temos vem do relacionamento entre a nós. Muito da nossa diversão acontece no vestiário mesmo antes de virmos para cá e nos divertimos ganhando jogos. Obviamente, nós trabalhamos para ganhar, então neste negócio você tem que vencer. Quando você perde, isso não é divertido. As pessoas são demitidas. Isso não é divertido”.

Bill Belichick também foi questionado sobre os comentários críticos de Cassius, entretanto como esperado, o treinador preferiu focar suas atenções no trabalho a ser feito do que olhar para trás em comentários feitos por pessoas de fora, seja sobre ele ou sua equipe.

O head coach da equipe declarou: “Sentimos que o importante para nós é vencer. Então isso é o que estamos tentando fazer. Estamos focados no que estamos fazendo, tentando melhorar e aproveitando cada dia para tentar melhorar nosso time de football. Não estamos realmente focados no que todo mundo está fazendo. ”

O “no days off” modo como Belichick comanda os Patriots, definitivamente não é para qualquer jogador, porém é algo difícil de ser contestado. Belichick é o treinador da NFL com mais tempo no cargo, e quando se olha para o que o comandante da equipe já conquistou em sua carreira torna-se difícil levar em consideração uma declaração como essa de Marsh.

Marsh esteve com os Patriots por nem dois meses, ele foi adquirido em uma troca em setembro do ano passado, e em seguida foi dispensado em novembro.

Talvez seja por isso que ele não “se divertiu”. Outro ponto importante, é que estamos falando de um esporte profissional, e de uma liga onde é exigido o ápice do rendimento atlético a cada semana e não estamos falando sobre uma “peladinha” de quinta-feira à noite com seus amigos que depois rola aquela resenha e cerveja. Óbvio que em tudo na vida precisamos em primeiro lugar estarmos bem e gostarmos do que fazemos, para obtermos bons resultados. Porém na NFL os jogadores são pagos (e muito bem pagos) para vencer a cada semana, são negócios e não lazer.

E se jogar no time mais vencedor dos últimos 18 anos não é divertido, onde seria então?!

A declaração de Cassius Marsh parece-me mais uma birra de uma criança que não está conseguindo brincar no playground então sai chorando chamando as outras de bobas. Sendo que a melhor resposta que um jogador profissional pode dar seria dentro de campo com suas atuações.

the author

Andreolle Santos, 24 anos. Estudante do 6º período de Educação Física, apaixonado por esportes, torcedor dos Patriots e acompanho NFL desde 2011. Lavras - MG

Comentários

Top