Quando Edelman lesionou seu ACL na pré-temporada o torcedor ficou se perguntando, como ele seria substituído no ataque dos Patriots?

Depois de Tom Brady, nas últimas temporadas Edelman foi o jogador mais importante deste forte ataque dos Patriots dentro e fora de campo, principalmente pela sua química com Tom Brady.

Cooks não tem o mesmo estilo de Edelman isso é claro,  Cooks é um recebedor de passes longos que faz seu estrago nas partes laterais do campo e no meio em rotas deep, ao contrário de Edelman, recebedor de passes rápidos e curtos no meio, conquistador de first downs em situações de terceiras decidas curtas. Mas Cooks tem feito um grande trabalho ao substituir Edelman como o recebedor número 1 dos Patriots.

“Ele tem sido ótimo”, Brady falou na última semana. “Ele acabou de fazer um ótimo trabalho e simplesmente não posso dizer coisas boas sobre ele e sua ética de trabalho, sua atitude, intensidade, caráter e habilidade. Tudo é positivo. Ele é divertido. Eu joguei com ótimos recebedores ao longo da minha carreira e ele simplesmente vai a campo e faz tudo o que você pede para ele fazer.”

“Eu gostaria de dar a bola para ele com mais frequência. Você vê a fita das partidas após os jogos e pensa ‘Cara, eu deveria ter trabalhado mais com ele naquela partida,  nessa jogada eu deveria ter lançado para ele também.’ Ele continua recebendo mais oportunidades devido ao quão bem ele tem ido nas partidas. Tem sido muito divertido”.

Cooks nesses primeiros sete jogos tem tido um desempenho impressionante, muito melhor do que a maioria pensava que ele teria.

Alguns pensam há mas ele está tendo esse desempenho porque foi uma escolha de primeira rodada, mas a realidade é que o ex wide receiver dos Saints está tendo um desempenho semelhante e até melhor do que muitos dos principais receivers da liga. Parece até aqui que os seus vários drops que eram um problema nas últimas temporadas, ficaram agora apenas na cabeça dos torcedores que se opõe a grande quantidade de big plays que ele faz a cada partida.

Ao longo das sete primeiras partidas Cooks recebeu 28 passes para 537 jardas e três TDs. Suas 537 jardas são a terceira melhor marca da liga, atrás apenas de Antonio Brown (765) e A.J. Green (545). Além disso, sua marca de (19,2) jardas por recepção é a segunda maior da NFL, atrás apenas de Vernon Davis dos Redskins, que tem 19,5 por recepção.

Nas sete primeiras partidas da temporada passada, Edelman o recebedor número 1 dos Patriots recebeu 37 passes para 321 jardas, mas deve-se levar em conta que nas primeiras quatro partidas ele não teve Brady. Nas primeiras sete partidas com Brady, Edelman teve 421 jardas. Cooks tem 116 jardas a mais em suas sete primeiras partidas  da temporada.

O início de Cooks é muito maior do que você imagina torcedor.

Suas 537 jardas recebidas são a 9ª maior de um recebedor na história dos Patriots se levarmos em conta sete partidas na era Belichick. Cooks se juntou a Randy Moss e Wes Welker que em 2007 foram os únicos a terem mais de 500 jardas em seus primeiros sete jogos como jogadores dos Patriots.

Além disso Cooks é o quarto em jardas a partir da linha de scrimmage por partida, 78,1 jardas , atrás apenas de Brown, Green e Stefon Diggs. O que é animador é que Cooks está se envolvendo cada vez mais no plano de jogo dos Patriots.

Ele teve pelo menos quatro recepções nas últimas três partidas, ele havia tido apenas cinco nas suas duas primeiras partidas. Brady está cada vez mais confortável e confiante nele como seu recebedor, considerando que Cooks teve uma porcentagem de recepções de 80%, 67% e 63% nas últimas três partidas respectivamente. Nas quatro primeiras partidas ele teve três com 50% ou menos de recepções.

Se Cooks manter o que está fazendo, poder chegar nas 64 recepções e 1.227 jardas com 7 touchdowns nesta temporada. Seria o maior ano de sua carreira. Seu maior número de jardas são as 1.173 que ele teve na temporada passada. Edelman por exemplo tem como maior número na carreira 1.106 jardas. Se Cooks terminar com 1.227 jardas seria o oitavo jogador e ter mais de 1.000 jardas em uma temporada na história dos Patriots, com Welker, Moss e Stanley Morgan apenas em sua frente. Todos jogadores impressionantes e que fazem parte da história dos Patriots.

Muito torcedores criticaram Cooks no inicio da temporada, falando que esperavam mais dele, alguns até falando que teria sido um tiro no pé sua contratação, o que tais torcedores devem levar em conta é que para Brady se acertar na química com seus recebedores recém chegados leva algumas partidas. Na pré-temporada por exemplo Cooks teve recepções para apenas 15 jardas. É muito provável que ele melhore ainda mais ao longo da temporada, pois a soma Brady + Cooks é muito perigosa, principalmente nos passes atrás do ombro tão difíceis para os cornerbacks marcarem.

Sim, ele pode não vir a se destacar tanto quanto Edelman, até porque é uma comparação injusta se formos analisar a história recente, mas a produção de Cooks até aqui nesta temporada está cumprindo o papel de recebedor número 1. Cooks cumpriu seu papel e superou as expectativas,e Brady merecia um recebedor como Cooks, e até porque não dizer que o próprio Cooks merecia receber passes de alguém como Tom Brady.

the author

André Morais, professor de tênis, formado em educação física bacharelado, aficionado pela nfl desde que ganhou seu primeiro Madden em 2000, torcedor dos Patriots desde 2001 quando viu um certo QB hoje chamado de G.O.A.T arrasar defesas adversárias, 30 anos. Pato Branco - PR

Comentários

Top