Home >> Análises,Colunas,Nação Patriots Brasil,Opinião dos Editores,Patriots Brasil,Pré Jogo,Temporada 2017,Temporada Regular >> Como o Patriots poderá derrotar o Falcons? (análise pré-jogo da semana 7)

Neste domingo, às 22h15 (Brasília), o New England Patriots recebe o Atlanta Falcons no Sunday Night Football. Nada mais, nada menos que a reedição do Super Bowl LI, ocorrido em fevereiro deste ano. Naquela oportunidade, o Patriots faturou seu quinto título após uma virada épica (perdia por 28×3 no fim do terceiro período). A partida de hoje será transmitida ao vivo para todo o Brasil pela ESPN.

SOBRE O NOSSO ADVERSÁRIO

Após perder o Super Bowl da pior forma possível, o Falcons também viu o coordenador ofensivo Kyle Shanahan deixar Atlanta para ser head coach em San Francisco. Kyle era o grande mentor do ataque polivalente dos Falcons; tanto que o anteriormente questionado QB Matt Ryan conseguiu fazer sua melhor temporada da carreira em 2016, sendo premiado com o título de MVP. Sem Kyle, o Falcons ainda não encontrou o mesmo ritmo do ano passado: Ryan foi interceptado 6 vezes em 5 partidas. São 3 vitórias e 2 derrotas. Essas 2 derrotas, inclusive, para Bills e Dolphins, rivais de divisão do Patriots. Ainda assim, o Falcons possui força para vencer a divisão e retornar aos playoffs.

Como o Patriots poderá derrotar o Falcons?

– Basicamente, pressionar o QB Matt Ryan. Considerando toda a força ofensiva de Atlanta (tanto com seus receivers, como com seus corredores), se New England quer ter maiores chances de vencer o jogo, precisará “cortar o mal pela raiz”. Caso contrário, a nossa secundária (sem os CB’s Gilmore e Rowe) irá ser maltratada. Sob a batuta de Matt Ryan, Atlanta pode destruir as defesas adversárias verticalizando o campo com os WR’s Julio Jones e Mohamed Sanu. Ou ainda correndo por dentro ou fora do backfield com os RB’s Devonta Freeman e Tevin Coleman. Pode ainda utilizar o WR Taylor Gabriel nos passes curtos… Ou seja, necessitamos de um pass rush, no mínimo, bom. Trey Flowers precisa mostrar uma performance semelhante àquela do Super Bowl LI, quando conseguiu 2,5 sacks sobre Ryan. Em 5 jogos, Ryan já foi sacado 12 vezes e um dos pontos vulneráveis da linha ofensiva do Falcons pode ser o right guard Wes Schweitzer.

– É visível nas partidas do Patriots em 2017 a quantidade de tackles perdidos pela defesa, especialmente em terceiras descidas. O Falcons explora bastante o jogo corrido com o forte e veloz Freeman. Além disso, o WR Julio Jones costuma ganhar muitas jardas após a recepção, o que o condiciona a ser (talvez) o melhor recebedor da NFL. Neste domingo, sem dúvida, a defesa patriota será bastante testada em todos os seus níveis.

– Acreditar até o final. Parece que o Patriots já aprendeu isto, tendo em vista o último Super Bowl. Mas, em 2017, com um time ainda desconfiável, é possível que os comandados de Bill Belichick fiquem atrás do placar em alguns momentos do jogo, dada a qualidade da equipe de Atlanta. Porém, o fantasma do Super Bowl parece que vem assustando o Falcons, pois Matt Ryan e companhia têm sofrido na metade final dos jogos, o que já lhe custou duas derrotas. Assim, em uma atmosfera favorável ao Patriots, jogando em Foxboro, e contando com a dupla mais genial da NFL (Belichick-Brady), é preciso acreditar na vitória até o fim da partida mais uma vez.

RESUMO DA ANÁLISE

– Este é um dos jogos mais difíceis da tabela do Patriots. E, justamente por isso, talvez seja o primeiro grande teste para sabermos melhor até onde New England pode chegar. Numa temporada tão equilibrada como a atual, uma vitória patriota reafirma a condição de “equipe a ser batida na AFC”. E isto passa por uma ótima atuação defensiva…

Qual é o seu palpite para o jogo?! Comente abaixo!

Let’s go, Patriots! Do your job!

the author

Redator do site. Acompanha a NFL desde 2013, quando o Patriots o escolheu para se juntar a #PatsNation. Espera que Tom Brady, vulgo GOAT, nunca se aposente. Advogado. 25 anos, Mossoró - Rio Grande do Norte.

Comentários

Top