Belichick falou hoje sobre relacionamentos e a matéria da ESPN

O head coach do New England Patriots, Bill Belichick, concedeu entrevista à imprensa hoje pela manhã e a tarde na rádio WEEI.

Relacionamento com Brady, Kraft e Guerrero:

No programa “Dale and Holley with Keefe”, da WEEI, Belichick foi perguntado sobre o seu relacionamento atualmente com o quarterback Tom Brady e o dono da franquia, Robert Kraft. Ele afirmou não ter lido o polemico artigo da ESPN, e afirmou que seu relacionamento com Brady e Kraft é “Ótimo, ótimo”. E complementou dizendo: “Dezoito anos com Tom e 22 com Robert. Tem sido ótimo. Agradeço tudo o que Robert fez por mim, as oportunidades que ele me deu e o apoio. Tenho muita sorte de ter Tom como o quarterback nestes 18 anos, jogando por 17. Ele é um grande jogador para se treinador e ele fez muito por esse time. Ele tem sido uma grande ajuda para mim pessoalmente.”

“Eu tenho um excelente relacionamento com Robert e Tom, (…) eu sinto que tenho um bom relacionamento com Alex (Guerrero) também.”

“Eu acho que estamos falando de muitas imprecisões aqui”, disse Belichick. “Eu respeito Alex e acho que tenho um bom relacionamento profissional com ele. Eu não posso falar por ele, mas acho que ele diria o mesmo.”

“Nós temos relacionamentos com muitas pessoas na área médica. Muitos consultores. Muitas pessoas são especialistas. Muitas pessoas que fazem muitas coisas diferentes. Nós tentamos ter relações de trabalho com múltiplos indivíduos, vários grupos em várias áreas e tentamos estruturar tudo isso da melhor forma que podemos.”

Factoides da ESPN:

Devido à matéria mentirosa da ESPN sobre o mal estar entre Belichick, Brady e Kraft após Belichick ser obrigado a trocar Garoppolo para manter Tom como QB titular por mais cinco anos, surgiu a possibilidade do HC dos Patriots ir para o New York Giants na próxima temporada. Porém, felizmente, Belichick respondeu hoje que ficará nos Patriots para a próxima temporada.

O repórter do New York Daily News perguntou a Belichick se ele pretendia continiar em New England na próxima temporada, e Bill foi contundente em sua resposta: “ABSOLUTAMENTE”.

“No momento, meu interesse é tentar fazer o melhor que posso para que nossa equipe Se prepare para o jogo de sábado à noite contra o Tennessee”, completou Belichick.

O dono dos Patriots, Robert Kraft, havia dito no último fim de semana que ele não tem interesse em negociar o seu treinador principal, que Belichick ainda tem anos restantes no contrato.

Mas o ponto alto da entrevista dessa manhã – na minha opinião – foi quando o repórter da ESPN Boston, Mike Reiss, perguntou à Bill Belichick se ele se sentia “furioso e desmoralizado” após a troca do Garoppolo, e a resposta foi a seguinte:

“Em primeiro lugar, eu realmente não sei do que você está falando; Não li o artigo. Não sei ao que se refere. Olha, Mike, eu sei que já passamos por isso antes. Eu sei que você quer informar sobre coisas imprecisas e não atribuíveis. Eu realmente não estou interessado em responder a essas coisas aleatórias, e eu diria em muitos casos, comentários sem fundamento.”

Entenda toda essa história do fake news da ESPN bem como a treta que tentaram gerar entre Belichick, Brady e Alex Guerrero, nessas duas outras matérias nossa:

Belichick está em rota de colisão com o treinador de Brady e o método TB12?
Estaria realmente a era Brady/Belichick chegando ao fim?

Essa matéria conta com conteúdo extraído da NESN, NESN e ESPN